4 de mar de 2013

Resenha: O Círculo dos Magos - Peter Haining

Mais histórias fascinantes sobre Magia e Magos.

O Círculo dos Magos (Editora Bertrand Brasil, 288 páginas, R$39)  é uma reunião de grandes nomes da literatura mundial, com seus contos juvenis sobre magia.

O leitor que curte, por exemplo, J. K. Rowling tem uma grande oportunidade de conhecer e ler outros autores que há muito escreviam sobre magos, bruxas, magia e mundos paralelos.

Peter Haining, que também organiza outras coletâneas, como A Caverna dos Magos e Histórias Sobrenaturais de Rudyard Kipling, faz uma bela apresentação sobre a magia na literatura.

Alguns textos que compõem a obra, na verdade, são trechos romances, como é o caso de A Fórmula Rato-Transformadora nº 86, retirado de As Bruxas, de Roald Dahl, que já foi filmado com o nome de Convenção das Bruxas.

O conto que abre a coletânea é O Curso de Magia, E Nesbit – uma influência de Rowling. Na história há um internato para senhoritas. “Seleto Estabelecimento de Ensino Para Filhas de Monarcas Respeitáveis” era o que dizia a placa na porta. Certo dia chega um cavalheiro que deseja ser professor de magia. Mas Miss Fitzroy Robinson, a responsável pelo local, não aceita. O homem, então, corre em direção à sala de aula onde estão as sete princesas inscritas e as faz desaparecerem.

Passado algum tempo, seis belos príncipes surgem procurando as princesas a fim de se casarem, e não sabiam do ocorrido. Então, lá foram os valentes príncipes em busca de suas prometidas (cada um recebe o de uma princesa que tomará como esposa).

Cada ação traz algo necessário para a história, que é bastante ágil. Um conto agradável, que, por algum motivo – provavelmente a questão do internato – me remeteu ao livro A Maravilhosa Terra dos Snergs.

O conto seguinte é O Show de Mágicas do Doutor Cadaverezzi, de Philip Pullman, o doutor chega à cidade e um expectador narra os acontecimentos do show de mágica. É um texto curto, não me prendeu muito, é uma narrativa um tanto fraca. Esse parece ser um trecho de uma história maior.

Em A Espinha de Peixe Mágica, de Charles Dickens, o rei vai comprar peixe e no caminho de volta encontra uma velha, a Fada Boa Grandmarina, e explica que ele deve dar um pedaço do peixe à Princesa Alícia, a mais velha de seus 19 filhos, e que a espinha encontrada deverá ser polida até que brilhe como madrepérola. Essa espinha lhe dará a possibilidade de um pedido, contanto que feito na hora certa. Dickens sempre fala em tom desaprovador sobre os adultos e suas manias de não enxergarem como as crianças, que tudo veem. Um pensamento adorável e verdadeiro (recomendo aqui a leitura de O Mundo de Sofia, de Jostein Gaarder, que fala sobre o que é “normal” na visão de uma criança e de um adulto).

A Feiticeira de Abril, de Ray Bradbury. Cicy é uma bruxa sonhadora e acredita que por ser diferente não pode se apaixonar. Então resolve se transformar em alguém que já tivesse uma paixão, ou melhor, entrar no corpo de uma moça apaixonada. Esse é um conto de amor, um dos mais belos do livro.

No conto de Terence Blacker, Tia Magi, Supermodelo, a tia tem uma gata de porcelana, um rato mágico e uma coruja mal-educada, tirando seus adjetivos, deve ter sido uma das inspirações de J. K. Rowling. Tia Magi é uma espécie de bruxa, ou melhor, uma paranormal ativa, que é mais moderno, segundo ela mesma. Toda a história começa quando Natalie, uma menina que é escolhida para representar a turma na Festa Anual da Páscoa, fica triste, pois sabia que seus pais novamente não irão, pois estarão trabalhando. Triste em seu quarto, um coelho de pelúcia começa a falar, alguma ligação com Alice? Tia Magi é um personagem chave, está presente em diversos livros de Blacker.

Em Por um Passe de Mágica, de Jacqueline Wilson, Rose não gosta de sua professora, por isso deseja mudar de classe. Não sabe se avança ou retrocede. Então, num pressionar de polegar, se vê de volta à classe da Professora Flores, no maternal, com apenas cinco anos. Esse era o seu “dom”, apertava o polegar entre os outros dedos e pensava com força. Mas sua fuga da escola se mostra frustrada.

Fiquem à Vontade, Amigos! – Alan Garner – é a frase que mais ouvem no parque que está sendo inaugurado naquele dia. Brian, um jovem que vai por várias vezes num museu para fazer um trabalho de escola, acaba fazendo amizade com o segurança.

Enquanto desenhava um antigo prato de prata, em que tinha representado uma cena de Caronte conduzindo uma alma para o Mundo dos Mortos, percebe a perfeição de cada detalhe, mas um em especial chama a sua atenção: marcada na peça está uma impressão digital idêntica à sua. Com a exceção de uma cicatriz.

A Loja de Mágicas, de H. G. Wells é fantástica, meu conto favorito no livro. Me remeteu à obra Livraria Limítrofe, nesse caso pelo livreiro escolher quem entra – apenas uma vez – e oferecer um livro a quem passou por ali. No caso de Wells, o visitante ganha brinquedos mágicos.

Ao final de cada conto há a biografia do autor, assim o leitor pode buscar outros livros de quem mais gostou. Também, antes de cada história, há uma sinopse do que virá.

É uma coletânea fantástica, que permite encontrar diversos autores clássicos, ou contemporâneos, alguns não são muito conhecidos, ou o são por outros textos, outra forma de escrita. Leia e encante-se.

*****
Editora: Bertrand Brasil
ISBN: 9788528612813
Ano: 2007
Páginas: 288
Skoob | Bertrand Brasil
*****

6 comentários:

  1. Mundo de Fantas está sendo um dos responsáveis pelo presente (e fuuturo) aumento da minha biblioteca pessoal..rsrsrsrs.. Afinal, literatura de fantasia e literatura juvenil são meus preferidos também. =D

    E tudo isso para dizer que: mais um livro que gostaria de ler!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa, que responsabilidade boa! \o/

      Acho que você vai curtir, viu. É bem gostoso de ler, tem contos curtos, outros mais longos... bem interessantes =)

      Excluir
  2. Eu tenho esse livro, e o outro tb, e achei muito bons!

    Bjokas
    Flavia - Livros e Chocolate

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não li o outro ainda, mas tem ótimos autores tb, então deve ser bom.

      =*

      Excluir
  3. Priscilla R. Dutra12/03/2013 07:50

    Poxa, só grandes autores! Fiquei interessada nesse livro *-*

    ResponderExcluir

Obrigada por dividir sua opinião. Ela é muito importante para o crescimento do blog e de seus leitores.