6 de jun de 2012

Resenha: Crônicas da Fantasia - Cristiano Rosa (org.)

Um livro que encanta logo na primeira vez que o pegamos nas mãos. A capa e a parte gráfica chamam a atenção de forma positiva. Crônicas da Fantasia (Editora Literata,114 páginas, R$25)  é organizado pelo Cristiano Rosa, além de autor é blogueiro e escreve no Criando Testrálios.

Algumas crônicas são muito bem escritas, rápidas como o estilo pede e que prendem e cativam, outras são médias. As que mais me encantaram e mereceram destaque são:

Campeonato de beijar sapos – Ana Cristina Rodrigues
A autora se torna a personagem, através das palavras de Ana conhecemos sua amiga problemática, Dani, que não consegue arranjar um namorado e Iara, que chega na metade da história para ajudá-la, num campeonato de beijar homens e escolher o seu príncipe encantado.

Cegueira – Daniel Cavalcante
Em 2 páginas o autor consegue ser intenso. Um homem cego espera ser ajudado para atravessar a rua, simplesmente, mas as pessoas se mostram mais ocupadas para essa tão árdua tarefa.

Desilusão – Veridiana Ghesla
A crônica é contada pela visão de um personagem do folclore nacional, que ganhou destaque nas páginas de certo autor – leia-se Monteiro Lobato –, mas que se mostra triste com o futuro, pois as pessoas não têm mais tempo ou curiosidade para ler ou ouvir as lendas.

O pior olhar da criatura – Tânia Souza
A história de um apaixonado, que se enamora pela imagem de uma fênix passeando pelo céu, quando se depara com um dragão, e foge. Passados tempos, encontra seu amor, que pede que vá atrás de ovos de dragões.  De forma poética, a autora mostra o amor verdadeiro de uma maneira não convencional.

Para onde vão as fadas quando crescemos – Cristiano Rosa
Numa sociedade moderna, até mesmo as fadas precisam se reciclar. Com humor o autor mostra como é difícil até mesmo para fadas conseguirem um novo emprego.

“Ela então decidiu tentar vender um antigo ensinamento de fadas mais velhas sobre o poder do pó mágico. Ele torna reais os sonhos das pessoas. Principalmente ao misturá-lo com vodka”.

Satírico – Daniel Gruber
Nesta crônica, com bastante humor o autor mostra a revolta de um sátiro, por sua espécie não ser respeitada pelos humanos. Ele exige o fim do racismo e denuncia “Existem comunidades no Orkut só voltadas a instigar o ódio contra nós: ‘sátiros não são gente’, ‘tenho um sátiro atrelado na minha carroça’”.

Muitos textos abordam a questão do homem sem a fantasia, triste, e o ser fantástico de cada autor também se torna assim, ou tenta ajudá-lo. Nesse mundo a fantasia é vista como “coisa de criança”, e o ser humano segue triste em sua vida real.

“E seus olhos atentos de caçador estavam maravilhados com a visão no limiar entre os dois mundos. Mundos que outrora eram unidos, mas que o tempo levou os homens e a magia para dimensões opostas”, pág 69.

*****
Editora: Literata
ISBN: 8563586520
Ano: 2012
Páginas: 117
*****

8 comentários:

  1. Agradeço pela otima resenha e pelo apoio de sempre.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Imagina,Edu, pode contar com o MdF sempre =)

      Excluir
  2. haha Quando participei da promoção, pensei ser um tipo diferente de livro... Mas parece ser bem legal com essas diversas Crônicas.
    Estou meio cheio de coisas pra fazer e ler (graças à Deus!), além de estar sem grana atualmente, mas assim que der, gostaria de comprar este livro. Não apenas porque é bom ler crônicas assim, com humor e tal, mas pra incentivar a literatura fantástica nacional!
    Gostei da resenha!
    Até a próxima.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim temos que agradecer sempre por ter muitas coisas para ler \o/ hihihi

      O livro é bem bacana li numa tarde =)

      Excluir
  3. Olá!
    Essa é minha primeira visita ao blog e quero dizer que estou amando :)
    Também estou seguindo, se puder, da uma passadinha pelo meu *-*

    Beijos,
    Feh
    http://blogimaginacaoliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. eu sou fã dos contos do Daniel Cavalcante.
    Roger (SC)

    ResponderExcluir
  5. Também preferi esses contos, mais o do centauro - infelizmente não estou com o livro aqui, não lembro o nome do autor. É legal ver tanta gente nova participando com boas ideias e histórias bem-estruturadas!

    ResponderExcluir

Obrigada por dividir sua opinião. Ela é muito importante para o crescimento do blog e de seus leitores.